Os Melhores jogadores do Campeonato do Mundo de Futebol 2018

Com início previsto para 14 de junho de 2018 na Rússia, já não falta muito para começar a mais importante competição de futebol do mundo, o Campeonato Mundial de Futebol 2018. Depois de uma fase de qualificação bastante disputada ao longo de 2017 e que teve algumas surpresas, como foi o caso do falhanço da Itália em apurar-se para este Mundial, as grandes nações do futebol já começam a trabalhar afincadamente para atingir o troféu de uma vida e sagrarem-se campeões do mundo.

Os eternos favoritos à vitória do mundial são: o Brasil, que já conta com 5 títulos conquistados desde 1958; a Alemanha, que detém 4 títulos de campeã desse 1954; e face à ausência surpreendente da Itália consideramos também a Argentina e a Espanha, a primeira com dois títulos de campeã e a segunda apenas com um, mas ambas possuindo atualmente seleções bastante competitivas.

Portugal ocupa atualmente a terceira posição do ranking da FIFA e, tendo vencido o último campeonato Europeu de futebol em 2016, tornou-se numa equipa temida que é capaz de morder os calcanhares a qualquer favorito e vencê-lo com as suas armas. Motivado e moralizado com o título de campeão europeu, e tendo atingido o terceiro lugar na última Taça das Confederações, Portugal tem uma equipa consistente e plena de opções, sendo também por isso um pretendente à taça nesta edição tão especial do Mundial de Futebol.

Neste artigo vamos dar destaque aos melhores jogadores que vão marcar presença no próximo Mundial de Futebol da Rússia, divididos pelos grupos já apurados da primeira fase da competição. Fique atento.


Me leva para a bet365

32. Mohammad Al-Sahlawi, Arábia Saudita (Grupo A)

Idade: 30 anos
Posição em campo: Atacante
Equipa atual: Al-Nassr

Mohammad Al-Sahlawi representa uma das seleções mais improváveis de chegar a fases finais do Mundial de Futebol, mas nem por isso deixa de ser a alma e a principal referência da seleção da Arábia Saudita. Foi graças ao seu espírito combativo que conseguiu marcar 16 golos na fase de qualificações pela Arábia Saudita, obtendo ainda resultados suficientes contra o Japão e a Austrália para garantir uma presença num mundial de futebol depois de a sua equipa ter falhado a qualificação em 2010 e 2014.

Al-Sahlawi joga tanto com o coração como com a cabeça e, à falta de figuras que liderem com autoridade a sua seleção, carrega também aos ombros a ambição de um país que se quer afirmar no futebol mundial como um oponente respeitável e com argumentos próprios para poder disputar cada jogo. Lembre-se ainda que a Arábia Saudita tem vindo a sofrer uma crise de treinadores, com a substituição de Bert Van Marwijk por Edgardo Bauza em setembro deste ano, já depois de disputada a fase de qualificações, e que por sua vez foi novamente substituído pelo atual treinador Juan Antonio Pizzi. Al-Sahlawi é por isso um dos elementos mais importantes da sua equipa, pela capacidade técnica em campo e por ser um elemento de autoridade que mantém o futebol da Arábia Saudita coeso e coerente.
Probabilidades de a Arábia Saudita ganhar o Mundial: 1 000-1.

Bumbet bonus sports

Quero o meu bónus Bumbet

31. Luis Tejada, Panamá (Grupo G)

Idade: 35 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Club Universitario de Deportes
Luis Tejada é um veterano incontestado do futebol do Panamá e merece figurar nesta lista porque a sua seleção acaba de fazer história: ao vencer a Costa Rica na fase de qualificação por 2-1, conseguiu pela primeira vez entrar no Mundial de Futebol! O basebol ainda é o desporto principal do Panamá, mas as coisas podem estar prestes a mudar com o verdadeiro fenómeno e que esta seleção se tornou.

Luis Tejada é tão distribuidor de jogo como ponta-de-lança, ocupando posições que são frequentemente polivalentes e fluidas. Com 43 golos marcados pelo Panamá e um estatuto de veterano, ele é um dos avançados a ter em conta no campeonato que agora se avizinha. Ainda que esta seja uma seleção que fica muito aquém da qualidade técnica de todas as seleções europeias, o seu mérito é o de jogar com o coração e um sentido de crença superior, sendo Gabriel Gómez e Román Torres (este foi o que marcou o golo decisivo da qualificação para o Mundial) os outros dois nomes a ter em conta. Não é por acaso que faz parte dos selecionados em visita à Rússia em 2018.

Probabilidades de o Panamá ganhar o Mundial: 1 000-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betfair

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bet365

30. Son Heung-min, Coreia do Sul (Grupo F)

Idade: 25 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Tottenham

Uma estrela de lances acrobáticos, ataques fulminantes e o melhor marcador asiático de sempre na história da Liga Inglesa de futebol, Son Heung-min é um dos jogadores mais valiosos da seleção da Coreia do Sul, marcando golos sem pedir licença a ninguém e oferecendo ambição à sua equipa.

Em conjunto com um trio atacante composto por si e outros dois jogadores que também são titulares na muito competitiva Liga Inglesa: Ki Sung-yeung do Swansea e Lee Chung-yong do Crystal Palace, a Coreia do Sul pode estar a muitos lugares do topo no ranking da FIFA mas nem por isso deixa de ter argumentos ofensivos poderosos para colocar qualquer oponente seu de sobre alerta.

Há ainda muitas expectativas relativamente à organização tática e defensiva desta equipa da Coreia do Sul, sendo em geral aceite que o seu modelo preferido de jogo, o 4-4-2, não dá resposta cabal às várias fragilidades da seleção. A aposta vai por isso toda para um ataque de qualidade, e é exatamente nisso que Son Heung-min é forte. O espetáculo com esta seleção está, em todo o caso, garantido, por isso vale sempre a pena acompanhar os jogos da Coreia do Sul assim como os lances criativos a que Son Heung-min nos vem habituando.

Quero o meu bónus betboo

Probabilidades de a Coreia do Sul ganhar o Mundial: 500-1.


Me leva para a bet365

29. Youssef Msakni, Tunísia (Grupo C)

Idade: 27 anos
Posição em campo: Atacante
Equipa atual: Al Duhail

12 anos depois da sua última aparição num campeonato do mundo de futebol, a Tunisia regressa em força para a edição de 2018 sem ter perdido nenhum dos jogos da fase de qualificação. Possuindo no seu plantel jogadores bastante equilibrados tanto nas posições defensivas como ofensivas, com destaque especial para o avançado Youssef Msakni, esta equipa é composta por uma nova geração de jogadores que têm deixado uma boa impressão em campo, nomeadamente depois de terem ultrapassado a República Democrática do Congo, Líbia e Guiné na luta pelo acesso ao Mundial.

Youssef Msakni assume-se tanto como um amuleto da sorte como um jogador irrequieto dentro das quatro linhas, tendo ficado para a memória os três golos que marcou recentemente num jogo fora contra a Guiné.
Probabilidades de a Tunísia ganhar o Mundial: 400-1.

28. Keylor Navas, Costa Rica (Grupo E)

Idade: 30 anos
Posição em campo: Guarda-redes
Equipa atual: Real Madrid

Qualquer seleção com jogadores no Real Madrid pode ter a certeza de estar bem apetrechada com os melhores jogadores do mundo, e se isso é verdade então a baliza da Costa Rica vai ser uma autêntica muralha complicada de transpor. Keylor Navas é o seu icónico guardião, e só por isso qualquer seleção com ambições de avançar nas várias fases do Mundial deve ter uma força atacante de grande qualidade para conseguir pontuar frente à Costa Rica.

Para uma população de apenas 5 milhões de habitantes, é notável como é que este país da América Central consegue produzir tantos jogadores de alta qualidade, sendo Keylar Navas um dos veteranos incontestáveis, mas possuindo também como titular um conhecido dos portugueses a jogar atualmente pelo Sporting – Bryan Ruiz.

Com uma frente atacante inspirada e Keylor Navas no seu melhor a defender a baliza dos costa-riquenhos, talvez esta equipa possa sonhar em repetir ou melhorar o brilharete feito no último Mundial em 2014, ao chegar aos quartos-de-final e tendo apenas perdido em grandes penalidades contra a Holanda.
Probabilidades de a Costa Rica ganhar o Mundial: 400-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bumbet

Leia também: Avaliação da casa de apostas Sportingbet

27. Gylfi Sigurdsson, Islândia (Grupo D)

Idade: 28 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Everton

A passagem da Islândia pelo último Campeonato Europeu de futebol foi memorável, tendo atingido os quartos-de-final e vencido tanto a República Checa, como a Áustria e até a Inglaterra. E o que é mais fascinante nesta equipa-fenómeno é que, contra todas as probabilidades, num país de apenas 330 mil habitantes (é o país mais pequeno a disputar o Mundial) conseguiu-se descobrir um equilíbrio perfeito entre os recursos disponíveis com jogadores com pouca projeção internacional, a tática de jogo e a capacidade de inventar lances com potencial de golo a partir de bolas longas. No centro desta distribuição de jogo e descoberta de oportunidades está Gylfi Sigurdsson, um médio bastante criativo que transforma o jogo da Islândia em lances inesperados e perigosos.

É difícil dizer o que podemos esperar da Islândia para o Mundial de 2018, a não ser que esta equipa nos habitou a surpresas e que apesar de não ser tecnicamente muito forte tem espírito de união suficiente para funcionar como uma máquina de futebol bem oleada. Tem contudo uma baixa de peso, o ponta-de-lança de referência Kolbeinn Sigthorsson sofreu uma lesão e poderá estar de fora dos jogos da Islândia no Mundial.

Probabilidades de a Islândia ganhar o Mundial: 400-1.

Betboo bónus de boas vindas

Quero o meu bónus betboo

26. Sardar Azmoun, Irão (Grupo B)

Idade: 22 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Rubin Kazan

O conhecido treinador português Carlos Queiroz vai repetir a dose de 2014 e voltar a dirigir as ambições do Irão, tendo no jovem de 22 anos Sardar Azmoun uma das suas promessas ofensivas. A sua excelente prestação na Taça Asiática de 2015, o facto de ter mantido um elevado grau de consistência em cada um dos 18 jogos da fase de qualificação em que o Irão nunca se deixou bater, e os 22 golos internacionais que começam a brilhar na recente carreira de Sardar Azmoun, é já currículo suficiente para que este jogador seja um dos maiores trunfos do Irão para o Mundial de 2018.

Muitos dos atuais jogadores da seleção iraniana fazem também carreira no futebol europeu, e a equipa vive talvez uma das suas melhores fases desde a chegada de Carlos Queiroz à posição de treinador, possuindo uma identidade forte e estando bem organizada taticamente. Muitos acreditam que talvez seja desta que o Irão pode chegar a uma fase mais avançada do Mundial de Futebol, estando a desenvolver um futebol mais agressivo e de pressões altas que põe à prova a capacidade técnica, tática e de controlo de bola dos seus adversários.

Probabilidades de a Costa Rica ganhar o Mundial: 400-1.


Me leva para a bet365

25. Branislav Ivanovic, Sérvia (Grupo E)

Idade: 33 anos
Posição em campo: Defesa
Equipa atual: Zenit St. Petersburg

Atualmente com um treinador temporário devido à expulsão de Slavoljub Muslin depois de disputas com a federação de futebol da Sérvia em relação ao plantel escolhido e à forma de jogar, esta equipa nacional, que conta com alguma figuras-chave do futebol internacional, precisa desesperadamente de referências e talvez o capitão veterano Branislav Ivanovic possa oferecer a coesão e direção suficientes de que a sua equipa precisa.

Esta é a segunda vez que a Sérvia marca presença num Mundial de Futebol desde que se tornou uma nação independente em 2006, e a sua prestação na fase de qualificação para o Mundial deixa a seleção esperançosa: apenas uma derrota em 10 jogos consecutivos, tendo batido equipas como a semi-finalista do Euro 2016 País de Gales e também a República da Irlanda.

Branislav Ivanovic vai ser com certeza uma das referências e centros de gravidade desta equipa, ou não tivesse ele vindo de uma carreira fabulosa no Chelsea e sendo a principal figura da linha defensiva.

Probabilidades de a Sérvia ganhar o Mundial: 300-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Royal Panda

24. Mile Jedinak, Austrália (Grupo C)

Idade: 33 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Aston Villa

Em 2018 Mile Jedinak vai celebrar uma década a representar as cores da seleção nacional da Austrália, e neste próximo Mundial será mais uma vez uma referência no meio campo australiano que se mantém essencialmente igual desde a última edição do Campeonato do Mundo no Brasil há quatro anos.

Com uma equipa que se conhece de ginjeira e que tem os mecanismos de jogo bem trabalhados, será numa organização tática relativamente surpreendente – com uma distribuição da equipa em 3-2-4-1 – e na iniciativa individual de alguns jogadores de espírito mais criativo que encontraremos as principais armas da Austrália. Mile Jedinak é certamente um dos principais jogadores a ter em conta, e o seu hat-trick contra as Honduras na fase de qualificação vai moralizar e mobilizar ainda mais este jogador para o Mundial que agora se avizinha.

Probabilidades de a Austrália ganhar o Mundial: 300-1.

Quero o meu bónus Betfair

23. Shinji Kagawa, Japão (Grupo H)

Idade: 28 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Borussia Dortmund

Com 89 internacionalizações pelo Japão e parte de um coletivo já bastante experiente de jogadores que inclui Maya Yoshida, Yosuke Ideguchi ou Okazaki, o médio Shinji Kagawa destaca-se claramente pelas suas qualidades de distribuidor de jogo e de autoridade em campo. Enfrenta contudo algumas incertezas na seleção japonesa, já que o treinador Vahid Halilhodzic parece querer reformar a equipa e surpreender no mundial com uma organização tática algo diferente.

Só no Mundial de 2018 poderemos avaliar se os habituais heróis da seleção japonesa se irão manter, sendo que a retirada definitiva de Shinji Kagawa promete levantar muitas ondas e contestação caso se venha de facto a realizar, dada a sua qualidade técnica e espírito criativo. Seja como for, o Japão parece querer ter vindo à maior competição do futebol para dar espetáculo, por isso as surpresas e o entusiasmo estarão sempre garantidos.

Probabilidades de o Japão ganhar o Mundial: 250-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Royal Panda

Leia também: Avaliação da casa de apostas Pinnacle

22. Hakim Ziyech, Marrocos (Grupo B)

Idade: 24 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Ajax

Marrocos é uma das seleções que Portugal vai ter de defrontar obrigatoriamente na fase de grupos do Mundial de 2018, e apesar de a equipa das quinas ser uma das favoritas, em conjunto com Espanha, para passar à fase seguinte do campeonato, há que ter cuidado com esta equipa marroquina muito bem preparada e com jogadores importantes como este Hakim Ziyech.

Passaram-se vinte anos desde a última presença de Marrocos num Mundial, e desta vez a equipa vem com ganas de ganhar e de ser levada a sério: foi a única seleção africana a nunca conceder golos na fase de grupos, e tem jogadores com experiência internacional em clubes tão importantes como o Real Madrid (Achraf Hakimi) ou o Ajax (Hakim Ziyech). Significa isto que Marrocos vai jogar com uma defesa sólida e uma capacidade elevada de partir rapidamente para situações atacantes ou de contra-ataque.

Hakim Ziyech figura como referência da nossa lista porque ele imprime uma inteligência ao jogo de Marrocos que por vezes surpreende, transformando jogadas aparentemente sem perigo em situações de golo ou descobrindo linhas de passe de forma fulminante, impulsionando toda a frente de ataque.

Betfair bónus de boas-vindas

Quero o meu bónus Betfair

Probabilidades de Marrocos ganhar o Mundial: 250-1.


Me leva para a bet365

21. Mohamed Salah, Egito (Grupo A)

Idade: 25 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Liverpool

A brilhante prestação de Mohamed Salah seja na Liga Inglesa seja na Liga dos Campeões pelo seu atual clube, o Liverpool, confirma a alta qualidade deste jogador de ímpeto atacante e goleador, sendo por isso um dos nomes definitivamente a ter em conta para o próximo Mundial. À sua conta, marcou cinco golos nos últimos seis jogos da fase de qualificação, incluindo o derradeiro penalty que carimbaria a passagem do Egito para o Mundial. Para além disso é um jogador resistente e que disputa cada bola, um guerreiro das quatro linhas.

Mas nem de qualidade ofensiva se faz esta seleção que é, na verdade, bastante equilibrada em todas as fases de jogo. O Egito apresenta-se com um coletivo composto tanto por jogadores experientes como novos valores, desde o muito seguro Essam El-Hadary de 45 anos que continua a provar ser um guarda-redes de excelência mesmo sendo o jogador velho desta competição, até Mohamed Elneny de 25 anos que distribui jogo e controla a posse de bola no meio-campo.

Probabilidades de o Egito ganhar o Mundial: 250-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bet365

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betboo

20. Sadio Mané, Senegal (Grupo H)

Idade: 25 anos
Posição em campo: Médio, Avançado
Equipa atual: Liverpool

Sadio Mané é outros dos franco-atiradores do Liverpool a representar uma nação africana, desta vez o Senegal. Conhecido pelo seu estilo desembaraço e flexível, jogando tanto em zonas intermédias como em posição de avançado, o seu reconhecimento no clube inglês é hoje incontestável, o que só ajuda à atitude de profundo respeito que Sadio Mané provoca em qualquer adversário.

Para além de Sadio Mané, são outros os jogadores de grande qualidade na linha da frente que integram o plantel: M’Baye Nian em zona ofensiva apoia-se num jogo coletivo com Keita Baldé para formarem em conjunto uma frente de ataque temível por qualquer adversário. Preferindo uma organização tática em 4-3-3, o Senegal apresenta-se novamente a um Mundial de futebol (desde 2002 que não era apurado) com uma equipa que impõe respeito e que não vai deixar de discutir nenhum jogo.

Probabilidades de o Senegal ganhar o Mundial: 150-1.

Quero o meu bónus Sportingbet

19. Victor Moses, Nigéria (Grupo D)

Idade: 26 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Chelsea

A seleção da Nigéria tem um dos coletivos mais fortes do conjunto dos países africanos em competição no Mundial de Futebol, tendo sindo a primeira a qualificar-se na fase de grupos e tendo derrotado a Argentina por 2-0 num jogo amigável em novembro. Os resultados são surpreendentes mas muito do jogo da Nigéria pode-se explicar pela presença de Victor Moses, atual jogador do Chelsea, um médio polivalente que tanto pode ser visto a defender como a atacar, que lança colegas de equipa para contra-ataques fulminantes e que funciona como centro gravítico da sua equipa.

De facto, a seleção da Nigéria – simpaticamente apelidada pelos seus adeptos como os Super Águias – está a beneficiar de um momento de alto rendimento com a orientação do seu novo treinador alemão Gernot Rohr, apostando fortemente numa defesa sólida e num conjunto de jogadores energéticos que estão sempre prontos para se lançarem em ações de contra-ataque explosivas.

Probabilidades de a Nigéria ganhar o Mundial: 150-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas 1xbet

Leia também: Avaliação da casa de apostas Rivalo

18. Jefferson Farfán, Peru (Grupo C)

Idade: 33 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Lokomotiv de Moscovo

A seleção do Peru voltou às origens do seu futebol com o novo treinador Ricardo Gareca, jogando com passes curtos e posse de bola, e parece que essa estratégia do passado vai trazer frutos para o futuro porque o Peru voltou a qualificar-se para um Mundial de Futebol passados 36 anos.

Jefferson Fárfan é um dos mais experientes do plantel, tratando de organizar o ataque e de se lançar sobre os defesas da equipa adversária sempre com a preocupação de manter a posse de bola. A sua experiência internacional no Lokomotiv de Moscovo não deixa margem para dúvidas: é um jogador de topo que ainda por cima está habituado ao ambiente do futebol russo, por isso talvez se sinta como que a jogar em casa quando fora hora de arrumar as malas e partir para o Mundial da Rússia.

O Peru joga atualmente num formato de 4-2-3-1 e venceu a Nova Zelândia nos jogos de play-off depois da fase de qualificação, garantindo assim um lugar na mais importante competição de futebol.

Probabilidades de o Peru ganhar o Mundial: 150-1.

Quero o meu bónus Bumbet

17. Christian Eriksen, Dinamarca (Grupo C)

Idade: 25 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Tottenham

Se há jogadores que atingiram o patamar de estrelas ou craques da sua seleção, Christian Eriksen é um deles, o que não deixa de ser surpreendente porque aos 25 anos já é o principal goleador desta nova formação dinamarquesa que está de volta aos palcos das grandes competições de futebol. O Europeu de 2012 que a Dinamarca não conseguiu o apuramento para mais nenhuma competição, mas com a entrada do treinador norueguês Age Hareide e a descoberta de Christian Eriksen, a seleção voltou a apaixonar o seu publico. As estatísticas falam por si: nos oito jogos recentes da sua seleção, Christian Eriksen conseguiu a proeza de marcar 11 golos, ajudando a resultados formidáveis como o 4-0 contra a Polónia e o 5-1 contra a República da Irlanda.

Efetivamente, muitas das esperanças da prestação da Dinamarca neste Mundial estão depositadas em Christian Eriksen, que tem liberdade total para exercer um estilo de futebol direto com o foco na baliza adversária.

Probabilidades de a Dinamarca ganhar o Mundial: 80-1.


Me leva para a bet365

16. Emil Forsberg, Suécia (Grupo F)

Idade: 26 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Leipzig

Ibrahimovic é a lenda-viva da Suécia, mas a sua participação ainda é incerta e a equipa foi transformada por Erik Hamren para incorporar uma lógica mais coletiva e de novos talentos. A seleção ainda pode parecer cheia de surpresas e potencial por revelar, em parte porque os jogadores titulares envergam também a camisola de clubes pouco expressivos, à exceção de Victor Lindelof que está no Manchester United e de Emil Forsberg que joga pelo Leipzig.

Na verdade, Emil Forsberg veio substituir Ibrahimovic na mesma posição atacante, tendo dado provas de estar à altura tanto em termos de qualidade técnica como de inspiração no momento de criar lances de golo. Ocupar a posição que em tempos foi do bad-boy do futebol mundial, Ibrahimovic, não é tarefa fácil, mas não lhe falta qualidade de jogo e o seu lugar de destaque é inteiramente merecido. Veja-se por exemplo o jogo emocionante da Suécia contra a Itália na fase de qualificação e podemos tirar qualquer destas ilações. Esta Suécia é um adversário à altura de qualquer das grandes seleções de futebol.

Probabilidades de a Suécia ganhar o Mundial: 80-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas 1xbet

Leia também: Avaliação da casa de apostas Vbet

15. Valon Behrami, Suiça (Grupo E)

Idade: 32 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Udinese

A seleção Suiça que se vai apresentar ao Mundial de 2018 é maioritariamente jovem, composta por talentos na casa dos 20, mas a peça-chave que mantém a coesão e a máquina do futebol suíço bem oleada é o veterano Valon Behrami, que joga no clube italiano da Udinese. A sua ausência foi bem notória no último jogo da fase de qualificação contra Portugal, em que a equipa revelou fragilidades que podem ter ditado a sua derrota frente aos campeões europeus.

Garantida a presença de Valon Behrami, a Suiça tem tudo para chegar longe no Mundial. Os seus flancos são ocupados por jogadores tão rápidos como criativos, com destaque para Xherdan Shaqiri e Steven Zuber, como apoio ao ataque há ainda dois jogadores com experiência muito sólida na Juventus e no Milan, Stephan Lichtsteiner e Ricardo Rodríguez respetivamente, sem descurar uma defesa mais que competente ocupada por Fabian Schär e Manuel Akanji.

Probabilidades de a Suiça ganhar o Mundial: 66-1.

14. Javier Hernández, México (Grupo F)

Idade: 29 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: West Ham

Javier Hernández, também apelidado carinhosamente de Chicharito, é um jogador de classe mundial que faz carreira nos maiores clubes europeus já desde 2010: pelo Manchester (2010-2014), Real Madrid (2014-2015), Bayer Leverkusen (2015-2017), e desde este ano pelo West Ham. Este é um atacante tão ágil quanto versátil, capaz de jogar com mestria com os dois pés, executando dribles e passes de alta eficácia, e isto complementado com uma excelente condição física e velocidade que comprometem a cada jogada as defesas adversárias.

Mas Javier Hernández é apenas um dos jogadores mais visíveis no meio de uma constelação de jogadores de excelentes qualidades e com grande experiência no futebol europeu, não sendo por isso de estranhar que estes internacionais de há largos anos pelo México garantam sucessivamente presenças em campeonatos do mundo ou na Taça das Confederações. Na verdade, o México já participa no Mundial desde há seis edições, tendo boas perspetivas de em 2018 conseguir chegar aos oitavos de final. Os seus jogadores de destaque são: Jesus Corona, Hirving Lozano, Héctor Herrera, Guillermo Ochoa e Andrés Guardado.

Probabilidades de o México ganhar o Mundial: 66-1.

188bet bónus de boas-vindas esportes

Quero o meu bónus 188bet

13. James Rodríguez, Colômbia (Grupo H)

Idade: 26 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Bayern de Munique

Foi precisamente no último Mundial de Futebol em 2014 que James Rodríguez foi descoberto, com prestações em campo de encher o olho mas particularmente com o melhor golo dessa competição marcado ao Uruguai: uma receção com o peito de uma bola aérea, rotação e remate de primeira sem deixar o esférico bater no chão, ganhando o efeito de míssil que esbarra com a trave da baliza e entra. Um golaço que fica na memória e que dificilmente conseguimos esquecer. Esta coroação de um jogador que já no Mundial de 2014 era muito bom, foi decisiva para o Real Madrid comprar o seu passe ao Mónaco, sendo que hoje joga no Bayern de Munique por empréstimo do clube madrileno.

A Colômbia conseguiu chegar aos quartos-de-final no último Mundial e vai querer chegar pelo menos tão longe na edição de 2018, apesar de ainda existirem algumas incertezas por resolver: a linha defensiva jovem com pouca experiência, a falta de tempo de jogo das estrelas da equipa na seleção (nomeadamente James Rodríguez, Radamel Falcao do Mónaco e David Ospina do Arsenal), assim como as indefinições do ataque da Colômbia. Seja como for esta seleção tem uma identidade forte e nenhum jogo contra a Colômbia são favas contadas.

Probabilidades de a Colômbia ganhar o Mundial: 50-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betboo

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betsson

12. Igor Akinfeev, Rússia (Grupo A)

Idade: 31 anos
Posição em campo: Guarda-redes
Equipa atual: CSKA Moscovo

Igor Akinfeev é um conhecido guarda-redes e capitão da seleção russa, tendo a responsabilidade acrescida de ser um dos representantes da seleção organizadora deste mundial. A Rússia vai ter de provar a sua qualidade a vários níveis, não só por ocupar um dos rankings mais baixos da FIFA entre as 32 seleções participantes (é a posição 65ª do ranking geral), mas também porque se fala de um clima de instabilidade entre jogadores e treinador que perturba toda a organização interna da equipa.

Igor Akinfeev é particularmente conhecido por fazer defesas inspiradas pelo CSKA Moscovo e assume-se como o espírito unificador e congregador de vontades na seleção russa. Apesar de também ter sido protagonista de algumas falhas de atenção ou de más leituras de jogo que já custaram à sua equipa golos, ele é fundamentalmente uma figura inspiradora do futebol russo capaz de fechar ângulos de golo com destreza e de defender bolas que se julgava impossíveis de apanhar pelas imagens televisivas. Por isso mesmo há que não subestimar as pontuais fragilidades que Igor Akinfeev possa ter desmontrado à frente das redes do CSKA Moscovo, porque ele é sempre capaz de se superar e, mais do que isso, catalizar o espírito atacante da sua equipa com as suas defesas espetaculares.


Me leva para a bet365

Probabilidades de a Rússia ganhar o Mundial: 40-1.

11. Robert Lewandowski, Polónia (Grupo H)

Idade: 29 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Bayern de Munique

O capitão da seleção polaca Robert Lewandowski já bateu um recorde e ainda o Mundial não começou: com 16 golos marcados na fase de qualificação, é já o jogador mais goleador desta fase preliminar da competição. Para além de ser a alma desta equipa, é também um dos jogadores que chama a si a responsabilidade de alavancar o potencial da Polónia, tendo ajudado a garantir a presença da sua seleção num Mundial passados 12 anos de ausência.

A equipa polaca é essencialmente a mesma que chegou aos quartos-de-final do europeu de 2016 e que perdeu com Portugal nas grandes penalidades. Porém o Mundial de 2018 reveste-se de uma importância especial por diversas razões: já com 29 anos, esta vai ser uma das derradeiras oportunidades de Lewandowski mostrar toda a sua qualidade de jogador enquanto está no pico de forma, esperando-se dele a continuação do seu pragmatismo férreo na hora de marcar golos. Esta é também é uma equipa experiente, com linhas de ataque e uma defesa muito sólidas. Para além disso, espera-se que uma grande parte dos adeptos e da população polaca viaje para a Rússia e apoie a sua equipa como se jogasse em casa, garantindo assim todas as condições para que a Polónia saia do Mundial de 2018 com uma das melhores prestações da sua história.

Probabilidades de a Polónia ganhar o Mundial: 40-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Royal Panda

Leia também: Avaliação da casa de apostas Rivalo

10. Edinson Cavani, Uruguai (Grupo A)

Idade: 30 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Paris Saint-Germain

Não é fácil disputar o lugar de destaque da seleção uruguaia com Luís Suarez, mas Edinson Cavani tem provado ser pelo menos tão sólido a atacar e mais eficaz a marcar, sendo por isso um dos melhores do momento nesta seleção sul-americana. A sua prestação na fase de qualifação das seleções sul-americanas foi fundamental, tendo marcado 10 golos em 18 partidas e garantindo facilmente uma entrada para o Mundial. Cavani é conhecido como um “atacante moderno”, sendo capaz de jogar em diferentes posições em campo, marcando golos aéreos e com os pés, e tendo características de destreza física e carácter oportunista que fazem dele um dos atacantes mais prolíficos do momento.

A equipa uruguaia pratica um futebol de alta qualidade desde o seu guarda-redes até ao ponta-de-lança, mas esta equipa parece estar a apostar fortemente nas linhas atacantes com jovens jogadores e quer ser uma das mais ofensivas do Mundial, com jogadores como Federico Valverde (Deportivo La Coruña), Matías Vecino (Internazionale), Nahitan Nández (Boca Juniors) e Rodrigo Betencur (Juventus) a ameaçarem quebrar qualquer bloco defensivo que apanhem pela frente.

Probabilidades de o Uruguai ganhar o Mundial: 40-1.

Leia também: A legalidade das apostas esportivas no Brasil

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bet365

Bónus de boas-vindas Sportingbet

Quero o meu bónus Sportingbet

9. Luka Modrić, Croácia (Grupo D)

Idade: 32 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Real Madrid

Luka Modrić é um dos melhores médios-atacantes europeus do momento, tendo a sua posição bem segura entre os galácticos do Real Madrid e garantindo a cada semana que passa novos golos espetaculares seja dentro ou fora da grande área. Ele é particularmente conhecido pelo seu estilo de jogo, sendo um jogador polivalente mas com visão estratégica, capaz de passes longos e curtos de alta precisão, e foi até apelidado de mestre das “pré-assistências” porque dos seus pés nascem sempre contextos de jogo muito promissores e que frequentemente dão em golo.

Mas é também a atitude em campo de Luka Modrić o que faz dele um jogador tão precioso, tomando muitas vezes para si a responsabilidade de resolver quebra-cabeças de jogo e dando largas aos seus poderes de drible e remate para ameaçar a baliza adversária.

A formação croata é composta maioritariamente por jogadores experientes com carreiras de grande reconhecimento no futebol europeu, como é o caso de Mario Mandzukic, Ivan Rakitic e Ivan Perisic. Assim, tem todas as condições para tentar alcançar o momento mais alto da sua história, quando chegou ao terceiro lugar do Campeonato do Mundo de Futebol em 1998.

Probabilidades de a Croácia ganhar o Mundial: 25-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betsson

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bet365

8. Harry Kane, Inglaterra (Grupo G)

Idade: 24 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Tottenham

A seleção da Inglaterra passa um período necessário de afirmação depois do afastamento do Europeu de 2016 frente a umas Islândia atrevida, e tentando mostrar que tem qualidade suficiente para fazer um melhor resultado do que o do último Mundial de 2014, quando terminou a sua campanha na fase de grupos. O seu plantel de jogadores é jovem e renovado, sendo uma das promessas o avançado Harry Kane, sempre pronto a rematar de média e curta distância e tendo por isso emergido no futebol europeu como um dos melhores rematadores de 2017. Harry Kane conta igualmente com 12 golos em 23 jogos pela seleção da Inglaterra.

Em 2018 a Inglaterra vai ter uma oportunidade de ouro para provar que a nova geração de jogadores ingleses pode fazer vingar as suas cores na Rússia. Vamos estar atentos à capacidade de resolver de Harry Kane mas também ao muito promissor Marcus Rashford do Manchester United.

Quero o meu bónus 188bet

Probabilidades de a Croácia ganhar o Mundial: 25-1.


Me leva para a bet365

7. Cristiano Ronaldo, Portugal (Grupo B)

Idade: 32 anos
Posição em campo: Extremo-esquerdo, Avançado
Equipa atual: Real Madrid

O pequeno madeirense tornado menino-prodígio do futebol nas escolas do Sporting e hoje o “melhor do mundo” vai ao Mundial tentar conquistar um dos raros troféus que ainda lhe falta na sua conta pessoal. Depois do seu decisivo apoio à seleção portuguesa no Europeu de 2016 que a levou à vitória final – e em que teve o condão não só de participar enquanto jogador mas também de treinador informal (a sua lesão no último jogo contra a França obrigou-o a sair de campo precocemente mas nem por isso deixou de dar recados e apoiar a equipa junto do treinador Fernando Santos) –, a recente Bola de Ouro atribuída pela France Football e os inúmeros prémios individuais e coletivos nos campeonatos espanhol e europeu, só lhe resta mesmo vencer uma das mais prestigiadas taças: a do Mundial de 2018.

São largas dezenas os recordes mundiais e europeus que já bateu, incluindo o de mais golos marcados nas seis maiores ligas europeias (374 golos), o de maior goleador na história do Campeonato do Mundo de Clubes (5 golos), ou o de maior número de golos marcados em todas as competições da UEFA (144). Mas o seu currículo assombroso não intimida os seus colegas de seleção, conhecido por ser um jogador afável, com ótimo espírito de equipa e de entrega.

Bernardo Silva do Manchester United, Pepe do Real Madrid, ou o regressado jogador de altíssima qualidade Manuel Fernandes do Lokomotiv de Moscovo, são todos jogadores que podem levar Portugal às últimas fases do Mundial de 2018.

Probabilidades de Portugal ganhar o Mundial: 20-1.

Leia também: Avaliação da casa de apostas Betfair

Leia também: Avaliação da casa de apostas Bet365

6. David Silva, Espanha (Grupo B)

Idade: 31 anos
Posição em campo: Médio
Equipa atual: Manchester City

A seleção espanhola vai disputar a fase de grupos do Mundial com Portugal, e sendo os dois favoritos à passagem para a fase seguinte vão ter ainda assim de medir forças e por em confronto jogadores que se conhecem muito bem, seja por pertencerem ao mesmo clube seja porque jogam nas mesmas ligas.

Na seleção de Espanha o que não falta são grandes jogadores, por isso é sempre difícil dar destaque a apenas um, mas há bons motivos para estarmos a atentos a David Silva: um número 10 tradicional, este jogador é excelente no controlo de bola quando rodeado de adversários e é por isso capaz de abrir defesas para lançar outros jogadores em direção ao golo. A sua capacidade técnica, visão de jogo e sentido perfeito de timing fazem de David Silva um oponente perigoso e que deve ser bem marcado em todos os momentos.

Espanha vive um período de espectativa em relação à sua seleção. Com opções bastante sólidas no meio-campo e na frente de ataque, e Sergio Ramos e Pique a assegurar uma defesa de qualidade, resta a Julen Lopetegui definir melhor o ataque e a organização desta equipa para fazer dela um dos mais fortes candidatos à taça do Campeonato do Mundo de 2018.

Probabilidades de Espanha ganhar o Mundial: 15-1.

1xbet bonus futebol

Quero o meu bónus 1xbet

5. Eden Hazard, Bélgica (Grupo G)

Idade: 26 anos
Posição em campo: Médio, Avançado
Equipa atual: Chelsea

Eden Hazard pode jogar a médio-avançado e nos flancos, sendo conhecido pela sua versatilidade dentro de campo, tanto na qualidade de dribles e em ultrapassar adversários, como pelos seus remates potentes e bem colocados. Foi uma das figuras-chave do plantel da Bélgica durante a fase de qualificação para o Mundial, a quem ninguém conseguiu vencer e que no final dos 10 jogos disputados arrecadou 28 pontos. Em conjunto com Romelu Lukaku, o maior goleador até ao momento da Bélgica, Thomas Meunier e Kevin De Bruyne, esta equipa tem todas as condições para conseguir chegar longe no Mundial de 2018.

Apesar da boa qualidade dos jogadores e dos resultados notórios que uma mudança de treinador teve depois do Euro 2016 (o atual treinador é o espanhol Roberto Martinez), falta acertar táticas e mecanismos para que esta equipa se transforme numa seleção belga de topo. Esta será certamente uma das principais seleções do próximo Mundial caso faça o trabalho de casa e se prepare durante o semestre que tem pela frente.

Probabilidades de a Bélgica ganhar o Mundial: 12-1.


Me leva para a bet365

4. Antoine Griezmann, Fraça (Grupo C)

Idade: 26 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Atlético de Madrid

França tem uma daquelas seleções que transborda de potencial, jogando com um coletivo relativamente jovem, possuindo valores invejáveis para qualquer equipa do mundo na sua linha de ataque onde se contam Antoine Griezmann, Kylian Mbappé e Ousmane Dembélé, contudo tem vacilado nos momentos mais decisivos talvez por falta de capacidade de concentração ou de atitude: perderam nos quartos-de-final contra a Alemanha no Mundial de 2014; não foram capazes de dar resposta positiva ao favoritismo que lhes era atribuído na final do Europeu de 2016 em que perderam contra Portugal. Já para não falar na desmoralizante derrota no final do Mundial de 2006, em que perderam nas grandes penalidades contra a Itália.

Mas o potencial está lá, e França sempre esteve à beira de o concretizar quando quase ganhou quaisquer destas grandes competições mundiais. O segredo talvez seja apenas a consistência de jogo e um fator de sorte inerente a qualquer partida, mas também a insistência em que jogadores geniais como Antoine Griezmann mantenham o seu alto nível de rendimento. De facto, este jogador é um atacante com propensão ao golo e com elevado grau de eficácia nas suas ameaças à baliza, mas joga também como peça fundamental de um coletivo, distribuindo jogo, tornando a circulação de bola fluida e inesperada, sendo por isso um dos elementos mais importantes desta seleção francesa.

Probabilidades de a França ganhar o Mundial: 11-1.

Quero o meu bónus Sportingbet

3. Lionel Messi, Argentina (Grupo D)

Idade: 30 anos
Posição em campo: Extremo-direito, Avançado
Equipa atual: Barcelona

Em qualquer lista onde conste Cristiano Ronaldo também tem de constar Lionel Messi, os consensualmente considerados melhores jogadores de futebol da atualidade. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo têm jogo de bola de alto nível, sendo particularmente bons a nível individual com a sua capacidade de arranque explosivo, dribles eficientes, remates potentes e certeiros, e capacidade inigualável de ultrapassar adversários mantendo a posse de bola.

Há contudo algumas características físicas que oferecem habilidades diferentes a um e outro jogador, sendo Lionel Messi um jogador que se sente mais à vontade em manter a bola nos pés e em quebrar a defesa dos adversários com os seus passes de mágica.

Desde 1986 que a Argentina não ganha um Mundial e, tendo uma equipa de altíssimo valor mas com muitos veteranos, a edição de 2018 pode bem ser a última oportunidade para esta seleção tentar renovar o título de campeões do mundo. Nomes importantes como Sergio Romero, Ángel Di María, Sergio Agüero, Gonzalo Higuaín, Licas Biglia ou Éver Banega podem estar a atingir o seu último momento de excelente forma física enquanto representam as cores da Argentina, por isso é mais que provável que para o Mundial de 2018 esta seleção se apresente na máxima força e com toda a vontade para conseguir chegar até à final. A capitanear as vontades dos argentinos estará, claro, Lionel Messi, a alma e o rosto de uma das melhores seleções que o futebol mundial já teve.

Probabilidades de a Bélgica ganhar o Mundial: 8-1.

Bónus de boas-vindas Sportingbet

Quero o meu bónus Sportingbet

2. Neymar, Brasil (Grupo E)

Idade: 25 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Paris Saint-Germain

Neymar tem sido protagonista de alguns fenómenos surpreendentes do futebol mundial: desde logo porque foi objeto da transferência mais cara da história do futebol, com a passagem do Barcelona para o Paris Saint-Germain, e porque com 25 anos está no encalce dos melhores do mundo (Ronaldo e Messi) para em breve ser também ele elevado ao olimpo dos jogadores memoráveis de todos os tempos. O seu estilo é reminiscente dos melhores craques do futebol brasileiro, nomeadamente Ronaldinho e até Pelé, considerado por muitos com um dos mestres criativos da bola jogada com dribles, fintas, remates imprevistos à baliza e uma enorme fluidez de jogo.

O Brasil vem testar ao Mundial de 2018 uma nova forma de jogar concebida por Adenor Bacchi, mais conhecido por Tite. Com uma organização em 4-1-4-1 e jogadores de classe mundial que além de Neymar conta com Casemiro na organização da defesa, Gabriel Jesus a meio-campo lançando a bola para o ataque, e Dani Alves com Marcelo controlando as hostilidades a partir da defesa, esta seleção promete dar dores de cabeça a quem quer que se cruze no seu caminho. Lembre-se que na fase de qualificação o Brasil derrotou a Argentina por 3-0, o que é um indício da franca qualidade desta equipa.

Probabilidades de o Brasil ganhar o Mundial: 5-1.


Me leva para a bet365

1. Toni Kroos, Alemanha (Grupo F)

Idade: 27 anos
Posição em campo: Avançado
Equipa atual: Paris Saint-Germain

Toni Kroos é o novo líder dentro das quatro linhas da Alemanha, fazendo magnífico uso da sua inteligência, precisão e controlo de bola para lançar os seus colegas de equipa em ataques fulminantes e tão pragmáticos quanto eficazes – como já vem sendo apanágio da seleção alemã. O pragmatismo dos alemães está ligado a um desejo enorme por transformar esforço em eficácia, e essa atitude em jogo está a dar os melhores resultados: a equipa venceu todos os 10 jogos da fase de qualificação para o Mundial, conquistando ainda um número recorde de 43 golos marcados.´

Podíamos dizer que Toni Kroos é o maestro, ou a peça da engrenagem que transforma a seleção alemã numa autêntica máquina de fazer golos. Mas o que mais pode intimidar os seus oponentes no próximo Mundial de 2018 é saber que a Alemanha ganhou a última Taça das Confederações apostando numa espécie de seleção B, tendo-se dado ao luxo de deixar a descansar estrelas óbvias como Boateng, Hummels, Neuer, Kroos, Müller, e outros. Uma Alemanha em máxima força é uma candidata evidente ao título de campeã do mundo em 2018, e com um Toni Kroos focado e tao eficaz como costuma ser, só podemos desejar ter a sorte de não apanharmos a Alemanha em fases iniciais do campeonato.

Probabilidades de a Alemanha ganhar o Mundial: 5-1.


Me leva para a bet365

There are currently no new tips. Check again later.

Comments are closed.