Jogo Responsável

O que é Jogo Responsável e porque se deve preocupar com ele

O Jogo Responsável é uma noção cada vez mais presente entre todos os apostadores em casas de jogo online. Começou a ser introduzida pelos serviços de regulação de jogo de cada país, mas faz hoje parte das boas práticas de jogo online que são aconselhadas pela grande maioria das casas de apostas.

Fundamentalmente, Jogo Responsável designa uma atitude perante as apostas em desporto ou em casino virtual que permite ao jogador evitar situações de adição ou descontrolo. O Jogo Responsável pretende garantir que a experiência de apostar em casino virtual ou desporto é sempre divertida e controlada, e por isso é tão importante conhecer os seus princípios e recomendações.

Numa altura em que Portugal se tornou num país muito desejado pelos maiores operadores de jogo online, e em que o mercado cresce continuadamente ano após ano, nunca se tornou tão importante difundir as melhores práticas para que se possa divertir e ao mesmo tempo estar seguro sempre que faz apostas a dinheiro.

Há mecanismos introduzidos pelas próprias operadoras que lhe permitem controlar o seu jogo, mas tudo é definido por uma atitude de responsabilidade que deve ser promovida pelo próprio jogador. Descubra todas as informações sobre Jogo Responsável no nosso artigo.

Quais são os mecanismos do Jogo Responsável à sua disposição

Os melhores operadores de jogo no mercado oferecem-lhe mecanismos fáceis de garantir o controlo do seu jogo, promovendo assim os princípios do Jogo Responsável. Após um registo, poderá aceder à sua conta de jogador, ou alternativamente contactar o Serviço de Apoio ao Cliente do operador em questão, e definir uma série de parâmetros e limites de apostas: por exemplo, poderá impor-se limites diários ou semanais de apostas, poderá definir um critério de auto-exclusão para que seja obrigado a fazer uma pausa do jogo sempre que ultrapassar os seus limites, ou poderá contactar linhas dedicadas de apoio psicológico que são frequentemente oferecidas.

Mas Jogo Responsável é uma atitude e um conjunto de valores que são fundamentalmente incorporados pelo próprio jogador, em liberdade e consciência. Deverá por isso fazer uma auto-avaliação constante do seu estado de espírito e do seu estilo de jogo enquanto investe dinheiro online, colocando-se questões como: Estou a gastar mais do que devia? Estou a jogar para escapar a problemas? Estou-me realmente a divertir?

Sempre que sentir que o jogo online deixou de ser um motivo de diversão depois de se colocar estas e outras questões, talvez seja altura de se impor uma pausa. Esta é uma boa atitude a incorporar e é definidora de Jogo Responsável.

Siga algumas das recomendações das principais instituições que regulam o jogo online para assegurar o seu bem-estar a todos os momentos.

Recomendações para ter um Jogo Responsável

As principais instituições reguladoras do jogo online e outras autoridades do meio apuraram uma série de recomendações que são aconselhadas a todos os jogadores que invistam dinheiro online. Não importa se é um jogador amador ou profissional, estas regras básicas visam garantir o seu bem-estar sempre que joga a dinheiro, fazendo com que o jogo online nunca deixe de ser uma atividade lúdica e evitando o risco de adição. As recomendações que se seguem são as promovidas por entidades tão importantes como a Associação Ibero-americana de Lotarias, a Associação Mundial de Lotarias ou a Associação Europeia de Lotarias.

  • Leia sempre as regras e as características dos jogos em que aposta e esteja consciente das suas hipóteses de ganhar ou perder a cada jogada.
  • Identifique limites diários e totais de aposta. Respeite os seus próprios limites e, se for caso disso, desista de jogar no momento em que esgotar os seus fundos.
  • Aposte sempre o seu próprio dinheiro, não o peça emprestado.
  • Não jogue para lucrar e obter rendimentos, jogue para se divertir.
  • Faça pausas regulares e pare de jogar completamente quando entrar em modo “tilt” (quando sentir que joga de forma impulsiva e irracional, normalmente para recuperar dinheiro perdido).
  • Não jogue quando estiver num estado de consciência alterado, ou seja, se estiver medicado ou intoxicado por bebida/comida/outras substâncias. De igual modo, evite jogar se estiver num estado emotivo acentuado, como seja deprimido, ansioso, irritável, sonolento.
  • Esteja disposto a perder todo o dinheiro que investe, sabendo que não lhe irá fazer falta.

Conheça o seu perfil de jogador respondendo a 10 perguntas

Há 10 perguntas que se pode colocar a si mesmo para descobrir se tem um perfil saudável de jogador, ou se poderá demonstrar indícios de adição. Faça o seu teste de auto-avaliação:

  1. Só se diverte apostando muito dinheiro?
  2. Fica ansioso quando para de jogar?
  3. É difícil para si parar de jogar?
  4. Sente-se envergonhado em relação aos seus hábitos de jogo?
  5. Costuma jogar para fugir a problemas pessoais?
  6. Tem dívidas de jogo?
  7. Sente-se ansioso ao longo do dia e só consegue relaxar com jogo?
  8. Acha que um dia vai ganhar muito dinheiro?
  9. Sente que para ter sorte só precisa da estratégia certa?
  10. Deixou de contactar com família ou amigos por causa do jogo?

A resposta afirmativa a pelo menos uma das questões pode indiciar problemas de adição. Há aconselhamento gratuito, dado por profissionais certificados, a quem precise de pedir ajuda. A Linha Vida, gerida pelo Ministério da Saúde, trata todas as adições, incluindo a do jogo, e está disponível através do número: 1414 (chamada gratuita, segunda a sexta, das 10h às 18h). Também pode utilizar o email: 1414@sicad.min-saude.pt.

Ative a Autoexclusão se ultrapassar os seus limites

Este é um mecanismo de controlo de jogo disponível na grande maioria das casas de apostas. A Autoexclusão assume-se assim como uma medida preventiva que o protege no caso de ultrapassar os limites de jogo definidos por si, impondo-lhe temporariamente a proibição de continuar a jogar numa determinada casa de apostas.

Este mecanismo pode ser ativado ou desativado a qualquer momento, e geralmente encontra-se na sua área de jogador. Em alternativa, pode contactar o Serviço de Apoio ao Cliente da casa de apostas em questão, indicando os limites de apostas máximos ou de prejuízos que está disposto a suportar, e pedindo a exclusão da sua conta caso esses limites sejam ultrapassados.

Quando o mecanismo de Autoexclusão é acionado, poderá ser obrigado a fazer uma pausa de vários meses antes de lhe ser permitido voltar a jogar numa casa de apostas online. Ainda assim, se der uma justificação para que essa proibição seja levantada antes do tempo, normalmente consegue voltar a aceder à casa de apostas sem problemas. Apenas terá de garantir que segue os princípios do Jogo Responsável e que se sente racional e emocionalmente preparado para voltar a fazer apostas.

Comments are closed.