Copa do Mundo 2018 Jogos do Brasil

Com o arranque da Copa do Mundo 2018 marcado para dia 14 de junho, este vai ser um período histórico de afirmação do futebol brasileiro, cuja seleção nacional volta a marcar presença na mais importante competição de futebol à escala planetária. O Brasil é conhecido como um dos países que produz mais craques da bola, e desta vez as expectativas voltam a estar altas com muitas casas de apostas a darem o favoritismo do Brasil à vitória da taça da Copa do Mundo.

Mas o “caminho faz-se caminhando”, e por isso importa concentrar atenções em cada fase da Copa do Mundo 2018 antes de pensarmos no jogo da final, onde o Brasil poderá marcar presença se cumprir com aquilo que muitos analistas desportivos defendem: a passagem à final depende de um futebol de grupo coeso, mecanismos de jogo bem oleados, e onde não falta espírito de iniciativa individual.

O Brasil vai disputar um dos primeiros jogos da Copa do Mundo 2018 contra a Suiça, correspondendo esta à fase de grupos. O calendário do Brasil, assim como o grupo que lhe calhou em sorteio, é teoricamente fácil e por isso é altamente provável que a sua passagem esteja garantida.

Continue a ler o nosso artigo para descobrir todos os jogos do Brasil na Copa do Mundo 2018, os principais jogadores do plantel e as probabilidades de a equipa canarinha ganhar esta copa.

A fase de grupos do Brasil: Grupo E

O Grupo E não deverá representar dificuldades de maior para o Brasil, o atual número 2 do ranking da FIFA das melhores seleções do mundo. As equipas com quem se vai defrontar na fase de grupos são, assim, a Suiça (6ª classificada do ranking da FIF), Costa Rica (25ª classificada) e Sérvia (35ª classificada).

Apesar de ser um sorteio que claramente favorece o Brasil na passagem do Grupo E, não deixará de ser também uma prova de fogo que vai testar as capacidades de espírito de grupo, coesão e consistência de jogo do Brasil. À parte os valores individuais que o Brasil tem e que se contam, indubitavelmente, entre os melhores do mundo, como é o caso de Neymar, Marcelo, Gabriel Jesus ou Coutinho, importará saber se o Brasil leva as mecânicas do seu jogo apuradas e se é capaz de fazer o jogo corrido de alta qualidade que lhe é característico.

O jogos do Brasil na fase de grupos serão momentos de verdadeiro espetáculo, por isso não perca nenhum dos desafios: o Brasil contra Suiça disputa-se a 17 de junho, o Brasil contra Costa Rica a 22 de junho, e o Brasil contra Sérvia a 27 de junho.

Fique a saber de seguida quais as probabilidades de o brasil ganhar cada um destes jogos e quais são as principais armas dos seus adversários na fase de grupos.

Brasil vs Suiça (17 de junho): destaques e probabilidades de vitória

O jogo de estreia do Brasil no Campeonato do Mundo 2018 vai ser contra a equipa que teoricamente lhe pode causar mais problemas do Grupo E, a Suiça. Não sendo propriamente duas equipas equiparáveis em capacidade competitiva, existem ainda assim vários argumentos que fazem com a que a Suiça deva ser respeitada dentro das quatro linhas.

A Suiça é particularmente conhecida por ter um sistema defensivo quase perfeito, o que se viu nas eliminatórias para a Copa do Mundo em que venceu 9 dos 10 jogos, apenas perdendo para Portugal no fim da fase de apuramento. A linha defensiva da Suiça conta com jogadores que são titulares nos principais clubes europeus, o que diz muito da sua capacidade de contenção em posições mais recuadas: Stephan Lichsteiner atua pela Juventus, Manuel Akanji atua pelo Borussia Dortmund, Ricardo Rodriguez é titular no AC Milan e Fabian Schär no A Coruña.

Com uma equipa defensora como a Suiça, é natural que os mecanismos de contra-ataque ou de aproveitamento de desequilíbrios no reposicionamento da equipa adversária estejam mais que treinados.

E nas linhas mais avançadas da Suiça, podemos encontrar nomes de relevo do futebol europeu que poderão levar perigo real à baliza brasileira: Granit Xhaka (Arsenal) ou Steven Zuber (Hoffenheim) são construtores de jogo que alavancam processos ofensivos perigosos, e ao ataque há que prestar atenção às ofensivas de Breel Embolo (Shalke 04) ou Admir Mehmedi (Bayer Leverkusen).

Apesar de ambas as equipas estarem à altura uma da outra, as oportunidades criadas e o grau de eficácia possível beneficiam claramente o lado do Brasil. As probabilidades das casas das apostas dão assim 67% de chances de o Brasil sair vencedor deste confronto, 11% de ser a Suiça a vencedora e 22% de se verificar um empate.

Brasil vs Costa Rica (22 de junho): destaques e probabilidades de vitória

O segundo confronto que vai desafiar a teórica hegemonia do futebol brasileiro na Copa do Mundo 2018 vai ser o Brasil vs Costa Rica, a 22 de junho. As duas seleções sul-americanas partilham uma rivalidade natural entre vizinhos que fará alimentar as paixões do futebol, e a Costa Rica vai querer demonstrar que não é por ter uma pequena fração do tamanho do Brasil que é menos capaz de ameaçar o favoritismo e as redes da baliza do Brasil. Afinal, apesar de serem países de dimensões tão díspares, no futebol jogam-se sempre 11 contra 11.

A Costa Rica pode ser uma caixinha de surpresas, porque apesar de muitos dos seus jogadores serem desconhecidos, conta ainda assim com importantes jogadores do futebol europeu que podem fazer a diferença: o guarda-redes Navas, que atua no Real Madrid e é considerado um dos melhores do mundo na sua posição; o meio-campista Bryan Ruiz, que atua pelo Sporting e é um dos jovens talentos e criativos mais consolidados desta sua seleção; e ainda Campbell, um atacante que atua no Betis e que promete assaltos fulminantes à baliza brasileira quando menos se espera.

Um dos feitos mais importantes da Costa Rica em competições desportivas foi precisamente na última Copa do Mundo do Brasil, onde se conseguiu classificar num grupo complicado em que teve de superar Inglaterra, Itália e Uruguai, tendo sido apenas eliminada nos quartos-de-final contra o Uruguai.

A Costa Rica ocupa um lugar baixo do ranking da FIFA mas tem um historial interessante em competições recentes e é acima de tudo uma seleção guerreira que nunca baixa os braços nem perde a moral. As probabilidades de o Brasil vencer a Costa Rica são de 78%, as da Costa Rica vencer são de 7%, e o empate situa-se nos 15%.

Brasil vs Sérvia (27 de junho): destaques e probabilidades de vitória

O último jogo da fase de grupos onde o Brasil está enquadrado disputa-se a 27 de junho contra a Sérvia, e será um confronto em que vários fatores poderão desequilibrar o poderio do Brasil: os resultados dos dois jogos anteriores disputados, o eventual desgaste físico, ou a forte vertente emocional que está sempre presente nos últimos jogos de qualquer fase competitiva no futebol. Ainda assim, a não ser que tenha havido lesões graves, não é expectável graves desequilíbrios no jogo do Brasil.

A moral da Sérvia chega em alta à Copa do Mundo 2018 e isso poderá alavancar ainda mais o seu potencial de ameaça no jogo contra o Brasil. Nas eliminatórias de qualificação para a Copa do Mundo 2018, terminou em primeiro lugar do grupo D, à frente de seleções importantes como a Irlanda, País de Gales e Áustria.

A Sérvia é também a seleção nacional que derrotou a Alemanha (a primeira classificada do ranking da FIFA das melhores seleções) por 1 – 0 na última Copa do Mundo, o que prova bem que esta equipa não é despicienda e que pode representar uma ameaça real aos poderes hegemónicos do futebol.

De entre os seus jogadores mais destacados, contam-se os meio-campistas Grujić (Liverpool) e Maksimović (Valência), assim como os atacantes Prijović (Paok) e Đorđe Ivanović (Spartak Subotica). O seu forte está na construção de jogo e no futebol apoiado de grupo.

As probabilidades de o Brasil vencer esta partida são de 69%, as da Sérvia vencer são de 11%, e as de haver empate situam-se nos 20%.

Os convocados da seleção brasileira para a Copa do Mundo 2018

Todos esperam que o Brasil passe a fase de grupos da Copa do Mundo 2018 sem problemas. Mas é a partir dos oitavos de final que a seleção canarinha tem de começar a apresentar todos os seus trunfos se quiser chegar ao jogo da final no máximo de forma e na melhor forma possível. O seu team para a Copa do Mundo 2018 é excelente e o treinador, Tite, preparou uma equipa destinada a muitos sucessos com o seu futebol multifacetado, diverso e poderoso.

As estrelas da seleção são várias, e uma das que brilha mais forte é o atacante do PSG Neymar, fazendo lembrar as antigas glórias do futebol brasileiro como Ronaldinho Gaúcho. Neymar é de facto um atacante criativo com uma capacidade técnica de posse de bola, drible, e potência de remate acima da média, o que faz dele um dos mais altos valores a ter em conta no Brasil.

Também Marcelo é um nome querido da seleção brasileira. Atuando atualmente no Real Madrid, por muitos considerada a melhor equipa do mundo, ele é um defensor da ala esquerda com óptima posse de bola, capacidade de distribuir jogo, de unir a equipa, e também é capaz de golos espetaculares quando é chamado à Grande Área.

Destacamos ainda no ataque Gabriel Jesus, jogador do Manchester City, e Firmino, jogador do Liverpool, duas armas de fogo inabaláveis da seleção canarinha e que prometem fazer muitos golos durante a campanha da sua equipa nesta Copa do Mundo.

Segue em baixo a lista completa de convocados…

Os goleiro são: Alisson, Ederson e Cássio. Os defensores: Daniel Alves, Geromel, Filipe Luís, Marcelo, Marquinhos, Miranda, Fágner, Thiago Silva. Os meio-campistas: Casemiro, Fernandinho, Fred, Paulinho, Philippe Coutinho, Renato Augusto, Willian. E os atacantes: Douglas Costa, Roberto Firmino, Gabriel Jesus, Neymar, Taison.

Probabilidades de o Brasil ganhar a Copa do Mundo 2018

Numa competição tão fortemente disputada como a Copa do Mundo 2018, ninguém pode colocar apostas certeiras antecipadamente no vencedor da taça de cada edição. Mas se tivéssemos de estabelecer um top 3 dos favoritos à vitória final, o Brasil teria necessariamente de figurar nessa espécie de pódio olímpico juntamente com a seleção da Alemanha e eventualmente da Espanha.

É assim difícil de avaliar as probabilidades de o Brasil ganhar a Copa do Mundo de 2018 porque temos de ter em conta fatores diversos como os sorteios para os confrontos entre equipas a partir das oitavas-de-final, onde é possível que o Brasil defronte um dos adversários favoritos à conquista da competição, também a consistência física e mental dos seus jogadores ao longo de toda a prova, assim como o fator sorte que é sempre um requisito necessário.

Vários sites de apostas desportivas colocam o Brasil como favorito à vitória da Copa do Mundo de 2018 com probabilidades na casa dos 14%, mas o estudo mais interessante vem da Escola de Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas que, de igual modo, dá o Brasil como favorito só que com 21% de chances de ganhar (seguido de Espanha com 13% e Alemanha com 11%). O estudo baseou-se na análise dos golos marcados e sofridos em cada partida dos últimos quatro anos de cada uma das seleções em competições nesta Copa, tendo feito de seguida mais de um milhões de simulações.

Conclusões sobre participação do Brasil na Copa do Mundo 2018

Esta vai ser certamente uma das copas mais promissoras para a seleção canarinha. Sendo uma das favoritas absolutas à vitória na competição e contendo uma equipa feita de craques, veteranos e novos valores, a seleção brasileira conta com uma das defesas mais sólidas e um dos ataques mais eficazes de todas as equipas da copa. Podemos por isso esperar grandes feitos desta seleção, que se espera que chegue pelo menos à final.

E em última análise podemos ter a garantia que a matriz fundamental do futebol do Brasil nunca se perde: será um futebol espetáculo com grandes doses de animação, sem lugar a aborrecimento e com o entusiasmo sempre à flor da pele. Sejam quais forem os resultados da equipa brasileira, podemos ter a garantia de que valerá sempre a pena acompanhar cada um dos seus jogos.

Comments are closed.